Efeito Caindo

Efeito Caindo

sábado, 14 de junho de 2014

A dor corrói…

A dor corrói…
Digo sempre que as palavras lançadas não necessitam ser carregadas de sentimentos... Não precisam ter direção. São apenas lançadas.
Desta vez o é.


Queria ser simples..
Queria que simples fosse o meu pensar.
Queria que esse turbilhão de pensamentos não retornar-se esta infinita dor.
O destino brinca com a dor guardada no mais fundo poço da alma... Coincidência?
Corrói a alma, a dor aflora.
O pensamento voa na saudade.
Aquela boa.
Aquela que é boa se lembrar...
Mas, o destino brinca... (Destino?)
Por quê?
Queria ser simples, e ter o simples pensar.
Não queria esse turbilhão de conexões envoltas e submersas nos pensamentos que cavam e trazem a dor que corrói.

Queria ser simples, e ter um simples pensar...