Efeito Caindo

Efeito Caindo

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Doce olhar


Teu doce olhar
Insiste em mim

Em riste

Aprumado
Devora-me em fim

Segue acalorado
Caminhos incertos
Certos dos amantes
Frenéticos assim
Ritmados
Afiados
Amados

Amantes
Olhares

Seus e meus
Neste instante
Mais um instante
mais um momento
Persiste no Amor
Amante

Somente
Amar pelo amor.

Sem outra razão
Somente o amor.


Monica Gomes

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Enxaqueca


Dia negro envolto
Em sombras

Olhares psicodélicos

Com dores intensas
Mundo [sobre]natural
Percorre o corpo
Envolve a mente
Somente...
Transeunte esperança
De emoções cansadas
Enxaqueca de uma vida
Agarra-se em dias
Fiel

Fidelíssima

Desde a tenra infância

Aprimora-se

Momento propício
...continua as cores
Envolta em sombras
Obra de Tim Burton
Estrelada em mim.
Segue dor
Segue andor
Segue tempestuoso furor


Segue o dia alucinante.


Eu... Mônica Gomes


"O excêntrico e imaginoso diretor americano Tim Burton acaba de concluir uma versão cinematográfica da obra, com Johnny Depp, Anne Hathaway e Helena Bonham Carter nos papéis principais. Pode ter sido uma dor de cabeça (ou enxaqueca?) adaptar um livro tão inusitado para as telas, mas certamente será para nós, espectadores, uma experiência no mínimo curiosa e talvez até arrebatadora."

Fonte: 
http://www2.uol.com.br/vivermente/artigos/enxaqueca_como_fonte_de_inspiracao.html

sábado, 23 de janeiro de 2016

Perdida


Enquanto olhava o horizonte, a cidade ao longe, cheia de pessoas que iam e vinham...Seus pensamentos borbulhavam em um turbilhão... O peito arfava, coração acelerado e a respiração incerta. Ela pensava: "O que seria isso? O que está acontecendo em meu ser?" O coração arfava. As pessoas continuavam sua vida. Ela? Ela divagava...


Mônica Gomes

sábado, 16 de janeiro de 2016

Nas águas tranquilas


Nas tranquilas águas
do rio Guaíba
transcorre e escorre 
as palavras ditas
em sombras, olhares
somem com o vento...
Amar
afã
de grandes momentos.


Eu, Mônica Gomes





sábado, 9 de janeiro de 2016

Chama-me


Arruína a ruína
Vem falar-me
Desabona o sabor
De amar-te
Tu chegas
Mansidão
Eu fico

Respondo
E gira
A vida.

Pura Arte!

Eu, Mônica Gomes.
Incorrigivelmente romântica.  

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Minhas aladas borboletas

Minhas aladas borboletas
Em seu bater de asas
Que voam e “reavoam” em mim
Em seu inicial destino voltaram
Borboletas no estômago...
...Enfim!

Que continuem a prazerosamente sobrevoarem e voarem em mim.

sábado, 21 de novembro de 2015

Linhas


Linhas deflagradas
Linhas do sorriso
Linhas geográficas
Irrompidas
Marcadas linhas
De alegria e dor
Alegres linhas
De insano tempo
Das linhas marcadas
Na distância
Caminhada
Linhas dos momentos

Linhas

Veias alegres
Fados tristes
Misturam-se
Em Histórias
Convenientes

Momentos.

Mônica Gomes